Os pontas esquerdos Fábio Vidrago (Benfica) e Diogo Branquinho (FC Porto) integram a convocatória de 20 jogadores que vão representar Portugal na fase final do Euro2020, anunciou hoje a Federação de Andebol de Portugal.

Fábio Vidrago e Diogo Branquinho juntam-se aos três guarda-redes já escolhidos pelo selecionador Paulo Pereira - Alfredo Quintana (FC Porto), Humberto Gomes (ABC) e Gustavo Capdeville (Benfica) -, numa convocatória que será divulgada ao longo de vários dias, com base nas posições dos atletas.

Sérgio Barros, jogador dos espanhóis do Puente Genil, e Ricardo Mourão, do ISMAI, foram os pontas esquerdos que ‘caíram’ do grupo inicial de 28 pré-convocados, ainda que, da lista final de 20 eleitos, apenas 18 viajem para a cidade norueguesa de Trondheim, anfitriã do Grupo D do Euro2020, do qual faz parte Portugal.

A lesão de Sérgio Barros, que disputou todos os seis jogos do Grupo 6 de qualificação para o Euro2020, abriu caminho ao regresso de Fábio Vidrago, de 31 anos, que totaliza 42 jogos e 102 golos internacionais, mas não representou a seleção nacional na corrida à fase final.

Diogo Branquinho, de 25 anos, esteve presente nos seis encontros da ‘poule’ de apuramento – em que Portugal terminou no segundo lugar, atrás da França -, nos quais marcou 18 golos, apresentando um total de 29 internacionalizações e 66 golos marcados pela ‘equipa das quinas’.

Portugal estreia-se no Europeu em 10 de janeiro de 2020, frente à França, medalha de bronze no Mundial de 2019, defrontando em 12 a estreante Bósnia e encerrando a participação no grupo D em 14, perante a anfitriã Noruega, finalista vencida no último Campeonato do Mundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.