A atleta Joana Cunha foi hoje eliminada na primeira ronda do torneio europeu de qualificação olímpico de taekwondo, na categoria de -57 kg, o que faz de Rui Bragança o único representante português na modalidade em Tóquio2020.

Joana Cunha perdeu com a atleta natural do Irão Kimia Alizadeh, que integra a equipa olímpica de refugiados e conquistou a medalha de bronze nos Jogos Rio2016, por 17-0, na estreia no torneio europeu de apuramento, que decorre em Sófia.

Com a eliminação de Joana Cunha, a participação portuguesa em taekwondo na capital japonesa ficará reduzida a Rui Bragança, que na sexta-feira conquistou um dos dois lugares de apuramento, na categoria de -58 kg, uma vez que Júlio Ferreira foi afastado nas meias-finais em -80 kg.

Rui Bragança chegou à final ao bater o búlgaro Daniel Ladzhev, por 26-14, nas meias-finais, depois de ter vencido o arménio Sargis Muradyan, por 17-7, no primeiro combate, e o sueco Frederik Emi Olsen, por 10-6, nos ‘quartos’.

O atleta do Benfica, de 29 anos, vai participar pela segunda vez em Jogos Olímpicos, depois de ter sido nono classificado no Rio2016.

Os Jogos Tóquio2020 vão ser disputados entre 23 de julho a 08 de agosto de 2021, depois de terem sido adiados devido à pandemia de covid-19.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.