A Federação Angolana de Lutas Associadas (FALUTAS) aposta no atleta da categoria de 79 quilogramas, Francisco de Deus Kadima, mais conhecido por ‘Trovoada’, para o Mundial de Luta Livre em 2018, com data marcada para o mês de Setembro, na Ucrânia.

O estágio pré-competitivo do internacional angolano está previsto para Julho, na França e na Turquia, a fim de ambientar-se ao clima da Europa.

O objectivo do atleta passa por conquistar uma medalha no Mundial.

A informação foi avançada ao SAPO pelo presidente da FALUTAS, Miguel Kindieco Balanga Luvumbu. “Estamos a trabalhar e vamos ver qual será a melhor solução para o estágio. O ‘Trovoada’ viajará apenas com um técnico, e depois vão directamente para a Ucrânia”, sublinhou, acrescentando que, depois, um dos membros do organismo que preside também irá para o país do Leste europeu, com a missão de participar no congresso da federação internacional da modalidade.

Porém, o dirigente revelou que, nesta altura, ainda não há dinheiro para a compra dos bilhetes de viagem, bem como para o alojamento e suprir outras necessidades da comitiva.

Mesmo assim, Miguel Luvumbu reforçou que o seu elenco está a envidar esforços no sentido de o atleta angolano não falhar o Mundial de Luta Livre, que também se enquadra no calendário de provas internacionais da FALUTAS.

De recordar que o atleta conseguiu a qualificação para o Mundial em Fevereiro último, durante o campeonato africano de luta livre, decorrido na Nigéria, onde conquistou a medalha de bronze.

Durante a sua estadia na Nigéria, ‘Trovoada’ aproveitou para, igualmente, ministrar formações técnico-profissionais em luta livre, pois o lutador lecciona o curso de Formadores para Treinadores e Árbitros de Lutas Amadoras, organizado pela FALUTAS.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.