O português Christian Oliveira foi hoje 34.º classificado na prova de qualificação de slalom paralelo do Campeonato do Mundo de snowboard, que decorre em Rogla, na Eslovénia, e falhou o objetivo de terminar no ‘top 30’.

O único português a participar na competição cumpriu em 28,73 segundos a ‘descida vermelha’ e não participou na ‘descida azul’, numa prova que foi vencida pelo russo Andrey Sobolev, com o tempo total de 54,29.

Christian Oliveira, o primeiro português a participar num Mundial de snowboard, em 2019, em Park City, nos Estados Unidos, obteve há dois anos o 19.º lugar no slalom paralelo.

Embora tivesse a expectativa de que Christian Oliveira, de 21 anos, ficasse entre os 30 primeiros e, eventualmente, carimbasse já o ‘passaporte’ para os Jogos Olímpicos de Inverno Pequim2022, o selecionador português de snowboard, Nuno Marques, conhecido no meio dos desportos de neve por ‘Mancha', mostrou-se satisfeito com o resultado alcançado.

"Não foi ‘top 30’, mas foi quase. Não é uma desilusão, de todo. Isto é um Campeonato do Mundo, onde estão os melhores dos melhores. Termos um português no ‘top 35’ é bom, é uma evolução do snowboard português e espero que incentive outros atletas", disse Nuno Marques, em declarações à Lusa.

O técnico nacional referiu que Christian Oliveira é um atleta ainda muito novo para a disciplina em que compete e explicou o 34.º lugar com a mudança recente de equipamento, a adaptação à nova prancha e a proximidade dos Jogos Olímpicos, com mais ‘riders’ a tentarem a qualificação, o que tornou a prova mais competitiva.

O snowboarder português, nascido na Austrália e residente na Áustria, onde treina, com origens em Covelo, São Pedro do Sul, no distrito de Viseu, tem ainda mais três provas esta época e as da próxima temporada, até janeiro, para tentar o apuramento olímpico.

Com 60,70 pontos da Federação Internacional de Esqui (FIS), basta-lhe ficar entre os 30 primeiros em uma das provas do circuito mundial para somar os 100 pontos e qualificar-se, tornando-se o primeiro representante português da modalidade nos Jogos Olímpicos.

"Estou confiante que o Christian vai estar em Pequim", frisou Nuno Marques.

Na segunda-feira o ‘rider’ luso ficou em 36.º lugar no slalom gigante paralelo e Nuno Marques fez um "balaço positivo" da participação portuguesa no Mundial de Rogla2021.

"Estou supersatisfeito. Acho que é uma prestação incrível, mesmo não obtendo o ‘top 30’ pretendido", acentuou o técnico nacional.

Christian Oliveira encontra-se no Campeonato do Mundo de snowboard Rogla2021, que termina hoje, acompanhado do treinador que o tem orientado nos últimos anos, Richard Pickl.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.