O Instituto Português do Desporto e da Juventude (IPDJ) promoveu esta segunda-feira o encontro "Boas Práticas da Ética no Desporto", que decorreu no Museu Nacional do Desporto, em Lisboa.

No evento estiveram presentes vários embaixadores para a ética no desporto como Jorge Machado (ex-judoca), Nuno Delgado (ex-judoca), João Capela (ex-árbitro) e Jorge Pina (atleta paralímpico).

Numa tertúlia com o nome "O papel do embaixador da Ética", os vários embaixadores debateram os problemas do desporto atual. Jorge Pina explicou como fez o seu caminho para a ética.

"É importante que o embaixador se sinta como um espelho e uma referência para os outros. É isso que eu faço, porque gosto de partilhar com as pessoas as minhas experiências. Eu aprendi muito com o desporto e percebi que a competição e o adversário eram mais importantes que ganhar", admitiu.

Jorge Pina revelou ainda que no início de carreira "queria a vitória, o dinheiro e isso tudo. Agora já não. Agora aprendi a ter valores que são muito mais importantes para mim. O que eu digo aos jovens é que não quero que sejam campeões nas modalidades, mas sim na vida."

"Eu digo-lhes que eles têm de ser humildes, de ter compaixão, de ter valores. Ganhar não é importante", rematou o atleta paralímpico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.