A antiga campeã europeia de salto em comprimento Ineta Radevica acusou positivo a uma substância proibida, numa reanálise a amostras recolhidas durante os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

O órgão responsável pelos processos de doping no atletismo anunciou que Radevica foi suspensa provisoriamente. A atleta reformou-se após os Jogos Olímpicos de 2012 e esta suspensão pode significar que Radevica terá de se demitir do cargo de presidente da Associação de Atletismo da Letónia.

Vencedora da medalha de prata nos Mundiais em 2011, Radevica acabou os Jogos Olímpicos de 2012 em quarto lugar, falhando a medalha de bronze por apenas um centímetro.

A atleta é a quinta participante no salto em comprimento em Londres2012 a enfrentar acusações de doping, sendo que uma delas acusou positivo durante os Jogos Olímpicos e as outras três foram desqualificadas desde que o Comité Olímpico Internacional começou a fazer novos testes às amostras existentes com métodos mais modernos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.