A Cascais Corrida de Natal Liberty Seguros, que decorreu ontem em Cascais, contou com cerca de 2.000 inscritos e aliou a atividade física à promoção da diversidade e inclusão. A corrida de 5km culminou no donativo de 5.000€ ao projeto Iron Brothers - Dar Rodas à Inclusão da Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa; de 3.000€ ao Ténis de Mesa como Terapia: Ping Pong Parkinson e Para Desporto do Grupo de Instrução Popular da Amoreira e 2.000€ ao projeto Pranchas para Surf Adaptado em Cascais, Surfaddict, da Associação Portuguesa de Surf Adaptado.

“Foi com um sentimento de missão cumprida que passámos um final de tarde inesquecível na vila de Cascais, com todos os que se juntaram a nós e, através da sua inscrição, apoiaram causas nobres e com um impacto incalculável na vida de tantas famílias”, disse Alexandre Ramos, CIO da Liberty na Europa. “Esta iniciativa comprova o compromisso da Liberty Seguros com as pessoas e contribui para quebrar barreiras e para o desenvolvimento de uma sociedade cada vez mais inclusiva, através de novas oportunidades acessíveis a todos”

A iniciativa, apoiada pela Liberty Seguros e organizada pela HMS Sports e pela Câmara Municipal de Cascais, apoiou e promoveu o desporto adaptado através da atribuição de bolsas a três projetos inovadores e integradores que pretendem colmatar necessidades como a aquisição de material para a prática desportiva. O valor doado a cada associação foi escolhido pelos participantes.

O prémio de 5.000€ foi entregue ao Projeto Iron Brothers – Dar Rodas à Inclusão, da Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa, que recolheu 49% dos votos dos participantes. Este apoia, defende e serve as pessoas com paralisia cerebral e situações neurológicas afins e as suas famílias, visando a concretização dos projetos de vida e o pleno exercício da cidadania. O valor doado será dedicado à compra material desportivo para permitir a inclusão de pessoas portadoras de paralisia cerebral não autónomas em provas desportivas de corrida, triatlo e natação de águas abertas

Já o Grupo de Instrução Popular da Amoreira foi a escolha de 30% dos participantes e irá dedicar os 3.000€ doados ao projeto Ténis de Mesa como Terapia: Ping Pong Parkinson e Para Desporto, em parceria com a Associação Parkinson Portugal. O objetivo passa por promover a prática desportiva e terapias associadas, revertendo comprovadamente (raro em Medicina) alguns sintomas da doença. Através deste donativo será adquirido material desportivo que fomenta a terapia de reflexos com luzes e a medição de respetivos resultados, Blazepod e FastPong.

Com 21% dos votos dos participantes, os 2.000€ foram entregues ao projeto Pranchas para Surf Adaptado em Cascais – Surfaddict, da Associação Portuguesa de Surf Adaptado, que disponibiliza a prática do surf a pessoas com qualquer tipo de limitação, seja ela motora, visual ou cognitiva. O donativo irá permitir adquirir pranchas específicas para surf adaptado, que têm como características ser produzidas com um material suave ao toque e ao impacto para que, quando rasgado, não produza arestas cortantes, assim como uma elevação em forma de cunha na parte de cima, de modo a acomodar e elevar o corpo do surfista, e pegas de lado.

Cada um destes projetos será concretizado até março de 2023. O processo poderá ser acompanhado no site e nas redes sociais da prova.

A corrida contou com a inscrição de 2.000 pessoas, 55% das quais mulheres, de 32 nacionalidades diferentes, como Austrália, Brunei, Vietname, Sérvia, Colômbia, África do Sul, Uruguai, Venezuela, China e Bangladesh.

A cerimónia de encerramento da corrida ficou marcada pela entrega dos prémios aos seis atletas melhor classificados e dos cheques a cada uma das associações, por parte de Alexandre Ramos, CIO da Liberty na Europa; Francisco Kreye, Vereador da Câmara Municipal de Cascais; e Hugo Sousa da HMS Sports

A fita da meta foi cortada aos 15minutos e 15 segundos por Hermano Ferreira, seguido de Gonçalo Casimiro e Pedro Gaspar. A primeira atleta feminina a terminar os 5km foi Sofia Sousa, em 19 minutos e 48 segundos. Seguiram-na Palmira Quinhama e Eulália Almeida.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.