Cerca de 1.000 atletas do concelho da Amadora, no distrito de Lisboa, vão ser testados até domingo à covid-19, tendo até ao momento sido realizados 513 testes e detetados dois casos positivos, anunciou hoje a Câmara Municipal.

Em comunicado, a autarquia presidida pela socialista Carla Tavares, explica que o processo de testagem, que decorre em três fases, pretende “garantir o regresso em segurança das modalidades desportivas de médio risco e os treinos do desporto de formação”.

A primeira fase abrangeu uma centena de profissionais e dirigentes, não tendo sido detetado nenhum caso.

No último fim de semana realizaram-se 413 testes de rastreio a atletas de 15 clubes da cidade, pertencentes a modalidades como o futebol, o futsal, o judo, a ginástica, o atletismo e o ténis.

Nesta segunda fase foram detetados dois casos positivos.

A terceira e última fase de testagem decorre este fim de semana e vai abranger mais quatro centenas de atletas.

A Câmara da Amadora refere que esta iniciativa decorre em articulação com a Autoridade de Saúde Pública e o serviço técnico da delegação da Amadora da Cruz Vermelha Portuguesa.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.137.725 mortos no mundo, resultantes de mais de 148,6 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.973 pessoas dos 835.563 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.