A Wings for Life World Run, uma corrida solidária que reúne atletas de todo o mundo e procura apoiar a investigação da cura das lesões na espinal medula, vai realizar-se no domingo, numa edição diferente devido à COVID-19.

A organização da prova, que o ano passado reuniu mais de 120 mil corredores, revela que este ano, tendo em conta a atual situação de saúde pública devido à pandemia de COVID-19, a prova foi adaptada e quem quiser participar poderá fazê-lo através de uma aplicação móvel.

Devido ao cancelamento de todas as provas desportivas, a prova não será organizada nos moldes habituais e os atletas que quiserem participar terão de descarregar a APP Wings for Life World Run e fazer a sua inscrição, que tem um custo de 15 euros, valor que a organização explica que se trata de um donativo 100% direcionado ao apoio da investigação da cura das lesões na espinal medula.

A edição do ano passado, que mobilizou mais de 120 mil participantes de 186 nacionalidades, cobrindo um total de 1.103.276 quilómetros, em 323 localizações, dos cinco continentes, traduziu-se num apoio financeiro de 3.5 milhões de euros para a investigação da cura das lesões na espinal medula.

A Wings for Life World Run é uma corrida em que não existe uma distância ou meta fixa. Em vez disso os participantes são perseguidos por um carro meta virtual que arranca 30 minutos depois da saída do pelotão, aumentando progressivamente a velocidade até alcançar o último corredor.

Outra característica única desta prova reside no facto de decorrer em simultâneo através da internet nas mais variadas localizações, cruzando inúmeros fusos horários.

Os atletas portugueses têm sido presença habitual na corrida e Vera Nunes, que foi a mulher mais rápida da competição em 2018, vai este ano voltar a marcar presença.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 211 mil mortos e infetou mais de três milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Portugal contabiliza 948 mortos associados à COVID-19 em 24.322 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia divulgado hoje.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o Governo já anunciou a proibição de deslocações entre concelhos no fim de semana prolongado de 01 a 03 de maio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.