O etíope Seifu Tura Abdiwak venceu hoje a Maratona de Chicago, que regressou após ter sido cancelada em 2020, com a queniana Ruth Chepngetich a triunfar na corrida feminina.

Abdiwak completou a corrida em 2:06.12 horas, melhorando o sexto posto conseguido em 2019, e bateu o norte-americano Galen Rupp (2:06.35), hoje segundo, após vencer em 2017, e o queniano Eric Kiptanui (2:06.51), terceiro.

Na corrida feminina, Chepngetich, campeã do mundo de 2019 e detentora da quarta melhor marca de sempre, cumpriu a distância em 2:22.31, batendo duas norte-americanas, Emma Bates (2:24.20), segunda, e Sara Hall (2:27.19), terceira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.