A marchadora portuguesa Inês Henriques encetou hoje uma ultramaratona a correr até ao santuário de Fátima, em Ourém, desde Vale do Medo, em Rio Maior, para assinalar o seu 40.º aniversário.

“Queria fazer algo diferente no meu aniversário, que é no dia 01 de maio, e então resolvi ir a Fátima a correr, como não podia ir na sexta-feira, pela limitação de circulação entre concelhos e para não incorrer em crime de desobediência, fui hoje”, explicou Inês Henriques à Lusa.

A própria campeã do mundo dos 50 quilómetros marcha em 2017 revelou a aventura nas redes sociais, com uma fotografia no santuário de Fátima, deserto, e a legenda: “Quando começas a duvidar das tuas próprias capacidades, desavia-te e demonstra a ti mesmo que és capaz. Muito feliz e realizada por alcançar o meu objetivo de hoje! 16 anos depois, já não me lembrava das muitas subidas”.

O presente de aniversário prolongou-se por 52,88 quilómetros e durante 4:22.56 horas, segundo a própria, que cumpriu trajeto que passou por Alcanede, Monsanto, Serra de Santo António e Minde, atravessando os concelhos de Santarém e Alcanena, em menos sete minutos do que tinha definido como objetivo.

O isolamento de Inês Henriques: "Quando está sol, o tempo passa mais rápido"
O isolamento de Inês Henriques: "Quando está sol, o tempo passa mais rápido"
Ver artigo

“Quando cheguei tive quase a mesma sensação de terminar uma competição de 50 quilómetros, emoção, alegria e também umas lágrimas”, reconheceu a atleta riomaiorense, que contou com a companhia da irmã, em jeito de carro de apoio.

Inês Henriques já esteve presente em três edições de Jogos Olímpicos, tendo como melhor resultado o 12.º lugar no Rio2016, depois de ter sido 15.ª em Londres2012 e 25.ª em Atenas2004, sempre nos 20 quilómetros marcha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.