A portuguesa Mariana Machado disse hoje que não podia "estar mais feliz" com o terceiro lugar em sub-23 nos Europeus de corta-mato, numa prova em que só pensou na medalha.

“Foi um alívio, [sentimento] de dever cumprido. Foram semanas muito intensas de treino, de conciliar um estágio no hospital, acordar às seis e muito da manhã, para fazer o primeiro treino do dia. Depois fazer um segundo treino à tarde, com um horário extremamente exigente. Foi difícil conciliar, mas só pensava neste campeonato, no objetivo que tinha traçado e não posso estar mais feliz", disse.

Em Dublin, a estudante de medicina, de 21 anos, foi terceira classificada, a quatro segundos da italiana Nadia Battocletti, que venceu em 20.32 minutos, e com o mesmo tempo da eslovena Klara Lukan, medalha de prata.

"Tinha adversárias de nível internacional, mais de seis participaram em Jogos Olímpicos e a verdade é que foi uma prova muito desafiante, mas treinei à altura para estar aqui e para ganhar uma medalha", referiu.

Sobre a prova, Mariana Machado disse que é sempre com o objetivo de ganhar uma medalha que encara a competição.

"Foi com esse [espírito] que encarei esta [corrida], parti a pensar só na medalha, passei a prova toda a pensar nesse objetivo. A última volta foi muito dura, cheguei a pensar que me estava a fugir esse sonho, mas nos últimos 400 metros, quando me comecei a aproximar da italiana, da eslovena, tudo pareceu mais real e acreditei muito que podia alcançar", referiu.

A portuguesa lembrou que, por momentos, ainda conseguiu chegar ao segundo lugar, mas assumiu, que nos últimos 50 metros, lhe começaram a "falhar as pernas" e acabou por ser ultrapassada por Lukan.

"Só posso estar feliz por conseguir a minha segunda medalha a nível internacional, já são duas de bronze e uma de prata, muitos quatro lugares. Falta-me o ouro, mas não vou desistir desse objetivo", afiançou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.