Nwlson Évora sagrou-se vicecampeão da Europa nos Europeus de pista coberta de Glasgow, ficando na segunda posição na final no triplo salto.

Com a marca de 17,11, o atleta português acabou por ficar com a prata. Com o ouro ficou Babayev, com a marca de 17,29.

No último salto, Évora fez um salto nulo na derradeira tentativa de chegar ao ouro.

O saltador português conseguiu a sua 11.ª medalha em grandes competições e acaba a época como o terceiro melhor europeu do ano em pista coberta.

O vencedor do concurso foi o azeri Nazim Babayev, com 17,29 metros, que assim sucede a Évora, campeão que foi campeão 2015 e 2017.

A medalha de bronze fica para o alemão Max Hess, com 17,10 metros.

A lista dos melhores do ano fecha com o português Pedro Pichardo em primeiro (17,32), que ainda não pode competir oficialmente por Portugal, Babayev e Évora no ‘top-3’.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.