A organização da São Silvestre do Porto destacou a 27.ª edição como o “maior evento de corrida de rua em Portugal depois da pandemia de covid-19" e prometeu um regresso em força para dezembro, com “15.000 a 18.000 participantes”.

O diretor-geral da entidade organizadora Runporto, Jorge Teixeira, disse à Lusa ter sentido “uma sensação estranha de alívio” depois de quase dois anos “impedidos de trabalhar”, saudando o regresso deste evento que “promove a saúde pública” e que contou com a participação de cerca de 7.500 pessoas.

Ao mesmo tempo, mencionou também uma “sensação estranha” pelo evento se realizar em março, já que habitualmente acontece em dezembro, com as iluminações natalícias na cidade portuense.

“Este foi o maior evento de corrida de rua em Portugal pós-pandemia. É [também] um sentimento de retorno. Acredito que se não houver outro fator externo que não possamos controlar, finalmente podemos voltar a ser felizes. Veja-se a alegria da cidade com este tipo de eventos. Em dezembro vamos ter entre 15.000 a 18.000 participantes”, vincou.

Antes do início da corrida, houve ainda um momento de solidariedade com a Ucrânia, devido à invasão russa, com o tema “Give Peace a Chance”, de John Lennon e Plastic Ono Band.

“O momento é de solidariedade e sobretudo de apelo à paz. Oxalá que este conflito termine o mais rápido possível”, concluiu.

Os atletas do Sporting Rui Teixeira e Sara Moreira venceram a 27.ª São Silvestre do Porto, uma inédita quinta vitória da atleta que fez história na prova, cuja última edição foi em 2019.

Sara Moreira percorreu o trajeto de 10 quilómetros em 34.49 minutos, e ultrapassou as quatro vitórias de Fernanda Ribeiro, tornando-se na primeira a conquistar uma 'mão cheia' de troféus, ao superar tempos de Laura Silva, do Clube Desportivo S. Salvador do Campo, (37:14) e Raquel Sampaio (38.06), da União Desportiva da Várzea.

Na prova masculina, Rui Teixeira tardou 29.52 minutos para terminar a prova, repetindo o triunfo de 2015, à frente de Davide Silva (30.21), do Sporting de Braga, e Hermano Ferreira (30.29), da Escola de Atletismo de Coimbra.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.