A representação portuguesa no grande prémio de Paris em atletismo adaptado conquistou uma vitória e mais dois pódios no evento que começou na quinta-feira e terminou hoje.

Medalha de bronze nos Jogos Paralímpicos Tóquio2020, Miguel Monteiro venceu a prova de lançamento do peso F40, com a marca de 11,48 metros, 12 centímetros aquém do recorde mundial que estabeleceu em 27 de fevereiro de 2022.

Na categoria que respeita a pessoas com baixa estatura, o atleta luso superou o alemão Iannis Fischer, segundo classificado, com 10,85 metros, e o croata Matija Sloup, terceiro, com 10,02 metros.

Já Sandro Baessa foi segundo classificado na categoria T20 dos 1.500 metros, que congrega atletas com deficiência intelectual, com um tempo de 4.01,70 minutos, atrás do norte-americano Michael Brannigan, vencedor com a marca de 3.52,51 minutos.

Ainda nessa corrida, o português Cristiano Pereira foi quarto classificado, com o tempo de 4.03,50 minutos, o seu melhor do ano.

O outro pódio luso no evento coube a Ana Filipe, terceira classificada na categoria T20 do salto em comprimento, com uma marca de 5,22 metros, abaixo da turca Fatma Altin, vencedora ao saltar 5,52 metros, e da croata Mikela Ristoski, segunda, com 5,28 metros.

Ainda na categoria T20 do salto em comprimento, mas na prova masculina, Lenine Cunha foi sétimo classificado, com 6,16 metros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.