Portugal somou hoje três medalhas nos Europeus de atletismo adaptado, com Carina Paim a alcançar a prata nos 400 metros T20, e Lenine Cunha e Sara Araújo bronzes no salto em comprimento T20 e nos 100 metros T12, respetivamente.

Na final dos 400 metros T20 (deficiência intelectual), Carina Paim fez 58,73 segundos, apenas atrás da ucraniana Yuliia Shuliar, que marcou 58,63, estabelecendo novo recorde europeu, e conquistou o ouro.

No salto em comprimento T20, Lenine Cunha conquistou o bronze, com um salto a 6,55 metros, a melhor sua melhor marca da temporada, repartindo o pódio com o croata Zoran Talic (7,20) e o grego Athanasio Prodromou (7,01), que conquistaram o ouro e a prata, respetivamente.

Sara Araújo foi medalha de bronze nos 100 metros T12 (deficiência visual), com a marca de 14,10 segundos, atrás das espanholas Nagore Garcia Folgado (12,72) e Alba Garcia Falagan (12,96), que conquistaram o ouro e a prata, respetivamente.

Portugal, que está representado na competição por 19 atletas, soma assim cinco medalhas, depois de Miguel Monteiro se ter sagrado campeão europeu do lançamento do peso, na categoria F40 (atletas com baixa estatura), e de Mário Trindade ter conquistado o bronze na prova dos 100 metros T52 (deficiência motora).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.