A queniana Faith Kipyegon quebrou na sexta-feira o recorde do mundo da milha, no meeting do Mónaco, etapa da Liga Diamante, um mês depois de ter batido os recordes dos 1.500 e 5.000 metros.

Com um tempo de 04.07.64 minutos, a atleta africana superou a melhor marca, que estava na posse da neerlandesa Sifan Hassan (04.12.33).

Kipyegon, bicampeã olímpica, no Rio2016 e em Tóquio2020, e bicampeã mundial nos 1.500 metros, em 2017 e 2022, havia percorrido os 1.500 metros em 3.49,11 minutos, em 02 de junho, em Florença, Itália, antes de fixar o tempo de 14.05,20 nos 5.000 metros, em Paris, ‘riscando' da lista o recorde da etíope Letesenbet Gidey, que tinha 14.06,62 desde 2020.

Também no Mónaco, o espanhol Mohamed Katir estabeleceu um novo recorde europeu dos 5.000 metros, com um tempo de 12.45.01 minutos, destronando o norueguês Jakob Ingebrigtsen em 3.44 segundos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.