Tiago Pereira venceu hoje a prova de triplo-salto do 'meeting' de atletismo de Turku, na Finlândia, com a marca de 16,91 metros, aproximando-se mais uma vez dos mínimos de qualificação olímpica.

O 'meeting', também conhecido por Jogos Paavo Nurmi, tem o nível Ouro do Continental Tour, da associação europeia da modalidade, o que rende ao atleta do Sporting pontos preciosos para o 'ranking', que poderá valer a ida a Tóquio2020.

Com esta marca, Tiago Pereira realizou o seu terceiro salto mais longo de sempre, depois de ter estabelecido um recorde pessoal de 16,94 em 2020, igualado há sete dias em Montreuil, França.

Os mínimos olímpicos são de 17,14 metros, marca que apenas 22 atletas fizeram, pelo que neste momento há 10 vagas para entrada por 'ranking', para perfazer o total previsto de 32 atletas.

Tiago Pereira está em 40.º no 'ranking', a oito lugares do apuramento, a que chega se conseguir mais 22 pontos em provas até ao final do mês.

Portugal já tem Pedro Pichardo qualificado, enquanto Nelson Évora é o segundo a entrar por via de 'ranking'.

Também em Turku, Evelise Veiga foi quarta classificada no salto em comprimento com a marca de 6,32, a mesma marca da terceira, a finlandesa Maria Huntington (que tem um segundo registo, 6,30, melhor que a portuguesa).

Evelise já tem mínimos olímpicos no triplo-salto e no salto em comprimento acede, neste momento, por 'ranking'.

Entretanto, no Meeting Josef Odlozil, em Praga (República Checa), Vera Barbosa foi segunda classificada na prova de 400 metros barreiras.

A atleta lusa correu a distância em 57,32 segundos, a melhor marca portuguesa do ano.

No 'ranking' de acesso a Tóquio está em 45.ª, sendo neste momento a quinta que não se apura.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.