Os alunos de educação física vão ter a partir do próximo ano uma aplicação destinada a incentivar a prática de exercício físico e que permitirá sinalizar os melhores junto do comité olímpico, anunciou hoje o ministro da Educação.

Numa conferência realizada na cimeira Web Summit, a decorrer em Lisboa até quinta-feira, o ministro Tiago Brandão Rodrigues anunciou a nova 'app' que está associada ao programa FITescola, que já está a funcionar nas escolas.

O FITescola foi criado para promover a atividade física dentro e fora do ambiente escolar, estando neste momento envolvidos cerca de três mil professores de educação física.

O programa, destinado a alunos entre os 5.º e o 12.º anos, monitoriza a avaliação do comportamento sedentário, a atividade física e a aptidão física dos alunos, assim como promove estilos de vida saudáveis.

Segundo o Ministério da Educação, este ano estão a ser avaliados mais de 60 mil alunos.

No próximo ano, começa a funcionar a aplicação que “permite saber se um aluno precisa de trabalhar mais, mas também pode aconselhar e sinalizar uma criança junto do Comité Olímpico [de Portugal] do seu potencial”, revelou o ministro.

A plataforma destina-se aos professores, que podem introduzir os dados dos seus alunos durante as aulas, aos estudantes, que podem acompanhar a sua evolução física, assim como aos pais, que podem ainda aprender novos hábitos de vida saudável, com dicas desportivas, mas também de alimentação.

A plataforma dá também informação sobre a oferta do desporto escolar existente em cada escola e do desporto federado por zona geográfica, género e idade.

O ministro da Educação lembrou que a inatividade física tem um custo anual que ronda os 900 milhões de euros por ano num país onde mais de metade dos portugueses é fisicamente inativa.

O programa FITescola é resultado de uma parceria entre a Direção-Geral da Educação e a Faculdade de Motricidade Humana, lembrou o ministro durante a sessão “Igualdade de Oportunidades - Tecnologia ao serviço da Educação”.

A apresentação da nova 'app' na Web Summit contou com a presença do ministro-adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, e do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.