O base-extremo norte-americano Cedric Ison voltou a conduzir, com classe, o 1º de Agosto, na vitória por 95-84 sobre o Recreativo do Libolo, neste sábado, em partida referente à quarta jornada do Campeonato angolano de basquetebol. Cedric foi o melhor marcador dos "militares", com 21 pontos, efetuou três assistências durante 32 minutos e 44 segundos.

No entanto, o mérito não é atribuído ao jogador apenas pelos pontos, mas sim pelos momentos em que marcou. Definiu o ritmo do jogo na primeira parte, período em que o 1º de Agosto alcançou a maior diferença (13), e voltou a fazê-lo na ponta final, tendo sido determinante no alargamento da vantagem que garantiu os dois pontos à sua equipa.

O norte-americano foi bem apoiado por Kikas, que voltou a reclamar protagonismo no plantel. O poste totalizou 18 pontos e evidenciou toda a sua experiência no momento em que a equipa precisou.

Na primeira parte, as duas equipas dividiram o protagonismo, com o 1º de Agosto a comandar o primeiro quarto e o Libolo o segundo.

Depois de uma entrada fulgurante, tendo atingido os 13 pontos de diferença, os “militares” foram baixando de rendimento paulatinamente, ainda no quarto inicial, até no período seguinte, a três minutos do intervalo, a formação do Cuanza Sul passou pela primeira vez à frente do marcador (34-33).

Seguiram-se minutos de equilíbrio, mas o 1º de Agosto, com um triplo de Francisco Sousa, garantiu a vantagem antes do descanso (45-42).

Com as duas equipas a defenderem à zona, os jogadores foram acumulando faltas, levando a decisão dos ataques na linha dos lances livres. Outra solução eram os lançamentos de longa distância, um capítulo em que o Libolo se mostrava ineficaz, ao passo que Edson Ndoniema somava pontos pelos “militares”.

No quarto período, o 1º de Agosto impôs o ritmo do jogo, obrigando o adversário a “dançar a sua música”. Cedric Ison, com dois triplos seguidos, foi determinante nesta fase do encontro. A equipa da casa não encontrava soluções para parar o ataque adversário, embora ofensivamente Olímpio Cipriano fizesse diferença.

Com Carlos Morais apagado, o Libolo não encontrou formas de equilibrar o encontro e averbou a primeira derrota na prova.

Com este resultado, o 1º de Agosto isola-se na liderança, com oito pontos, enquanto que o Libolo soma sete, em segundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.