A Associação de Basquetebol de Lisboa (ABL), fundada no dia 10 de outubro de 1927 e que festeja 90 anos em 2017, apresentou hoje as linhas gerais do programa comemorativo, classificado de "ambicioso".

"Trata-se de um programa ambicioso, até porque 90 anos não são 90 dias. Não é uma data qualquer e vamos festejá-la com várias iniciativas e eventos", afirmou, em conferência de imprensa realizada nas instalações do Comité Olímpico de Portugal, Rogério Mota, presidente da ABL.

E entre os principais eventos desportivos avultam a realização de dois torneios internacionais, um masculino e outro feminino, a organização de uma prova de cadeira de rodas e um encontro nacional de 3x3 de encerramento da temporada de 2016/17 para todos os escalões de formação da Associação de Basquetebol de Lisboa.

"Estamos atualmente a dialogar com os responsáveis do Benfica para que o torneio internacional masculino seja realizado no Pavilhão da Luz, numa comunhão de esforços entre o Benfica e a Associação de Lisboa. Já o torneio internacional feminino deverá ocorrer no âmbito de uma parceria com a autarquia de Cascais e deverá disputar-se no Pavilhão da Quinta dos Lombos", anunciou ainda Rogério Mota.

As comemorações abarcam ainda a realização de seminários, 'clinics' de formação de árbitros e treinadores, torneios distritais de Natal e Carnaval para seleções jovens distritais de Setúbal e Lisboa, a realização de um torneio de lances livres, a organização de um ciclo de conferências e a edição em livro com os 'clinics' efetuados pela ABL.

"Algumas pessoas da associação já se riram desta ideia, mas também pretendemos organizar um espetáculo musical ou de dança com a participação de jovens basquetebolistas. Sabemos que há por aí gente que sabe cantar, dançar, tocar piano, flauta e outros instrumentos", revelou ainda Rogério Mota, um dirigente pródigo em iniciativas e que lidera uma associação que integra cerca de mil praticantes de basquetebol.

João Carvalho, vice-presidente da federação de basquetebol, frisou que a FPB está em sintonia com várias iniciativas propostas pela ABL, nomeadamente na questão do torneio de 3x3, uma variante que a Federação Internacional (FIBA) está a implementar cada vez mais a nível global e que anseia, a partir de 2020, integrar o programa dos Jogos Olímpicos, "à semelhança do que já acontece com o voleibol de praia".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.