O Benfica e o GDESSA-Barreiro perderam hoje em casa com Caledonia Gladiators (Inglaterra) e Keltern (Alemanha) por 53-64 e 68-82, respetivamente, na quinta jornada da fase de grupos da Taça Europa feminina de basquetebol.

As britânicas dominaram o encontro em Lisboa, vencendo os primeiros três parciais (11-15, 15-24 e 17-14), e as 'águias' só conseguiram reagir no último período (17-14), num esforço insuficiente para evitar a derrota.

A norte-americana Keilanei Cooper esteve em destaque, do lado do Benfica, com 11 pontos, dois ressaltos e uma assistência, enquanto a experiente Chantelle Handy, de 37 anos, foi a jogadora 'mais valiosa' do encontro, ao apontar 18 pontos e quatro assistências.

O Benfica é terceiro e último classificado do Grupo G com quatro pontos (quatro derrotas em quatro partidas), com as Gladiators no comando com seis pontos (três jogos, três vitórias), e o Namur em segundo com cinco pontos (duas vitórias e um empate).

No duelo entre o GDESSA-Barreiro e o Keltern, a vitória sorriu para a formação visitante, com as alemãs a beneficiarem de uma entrada forte no encontro (17-25) e, apesar da boa reação da formação lusa no segundo parcial (14-12), mostraram superioridade nos restantes períodos (20-22 e 17-23).

As barreirenses estão no quarto e último posto do grupo I, com cinco pontos (cinco derrotas em cinco jogos), ao passo que as adversárias são terceiras com sete pontos, ambas sem hipótese de apuramento para a próxima fase.

Krystal Freeman (Estados Unidos) foi a melhor jogadora do GDESSA, com 20 pontos, nove ressaltos e uma assistência, com a francesa Sara Roumy em grande nível, com 24 pontos, dois ressaltos e três assistências.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.