O Benfica ‘lutou’ hoje pelo apuramento na Liga dos Campeões de basquetebol, mas acabou derrotado em casa do Darüssafaka (83-72), da Turquia, no segundo jogo do ‘play-in’, fechando a campanha na competição europeia.

Depois da derrota em casa por 89-76, na primeira partida de três possíveis, os 'encarnados' voltaram a perder em Istambul, num encontro em que chegaram ao intervalo a vencer por 42-35, registando-se um 68-68 no final do tempo regulamentar, empate que forçou um prolongamento em que os turcos levaram a melhor perante a muita luta dada pelo conjunto português.

Os ‘encarnados’ entraram melhor na partida e o primeiro período ‘só’ deu Benfica, que saiu com seis pontos de vantagem dos primeiros 10 minutos (24-18), com os turcos a responderem no arranque do segundo período, reduzindo o avanço a um ponto.

As exibições de Betinho e Ivan Almeida iam ‘empurrando’ as ‘águias’, para quem só a vitória interessava, e ao intervalo eram sete os pontos de avanço (42-35).

Depois do intervalo, os lisboetas mantiveram a toada de superioridade e chegaram aos 50-40, obrigando a equipa da casa a um ‘time out’, após um ‘afundanço’ de Carter, a passe ‘de génio’ de Ivan Almeida, atirando a bola por detrás da cabeça para ‘enganar’ três defesas.

A paragem no jogo dificilmente podia ter corrido melhor ao Darüssafaka, que ‘cavalgou’ rapidamente para a liderança, com 13 pontos seguidos sem resposta, colocando-se finalmente a vencer.

Após o terceiro quarto fechar com 55-53 para os turcos, um triplo de Tony Douglas deu corpo à boa resposta ‘encarnada’, para o 58-55, com o 60-60 a deixar tudo em aberto para os últimos sete minutos do tempo regulamentar.

O jogo seguiu ‘taco a taco’, sem nenhuma equipa se afastar muito da outra no marcador, mas a exclusão de Olaseni, que tinha 15 pontos e oito ressaltos quando cometeu a quinta falta, desfalcou os turcos.

Sem conseguir aproveitar, Osmani fez, de triplo, nova ‘reviravolta’ no marcador, para 68-66, mas Tony Douglas empatou, com dois lances livres, forçando o prolongamento.

Aí, e com Carter a ver a quinta falta nos ‘encarnados’, os turcos mostraram outro andamento e ‘pulmão’, conseguindo mesmo chegar aos 11 pontos de vantagem com que fecharam o encontro, anulando a possibilidade de uma ‘negra’ em Lisboa e da continuação da campanha europeia do Benfica, inédita para um clube português na Liga dos Campeões.

Douglas acabou com 20 pontos, três ressaltos e uma assistência, e como destaque claro nas ‘águias’, enquanto os visitados tiveram o poste Osmani e o norte-americano Starks também nos 20, com o turco a registar também 12 ressaltos.

O Darüssafaka vai integrar o Grupo L da segunda fase, juntamente com os espanhóis de Surne Bilbau, Lenovo Tenerife e UCAM Murcia.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.