As oito equipas que não se qualificaram para terminar a fase regular da liga norte-americana de basquetebol (NBA), a decorrer concentrada na Florida, vão retomar os treinos em setembro nas suas instalações, anunciou hoje o sindicato dos jogadores (NBPA).

O regresso das equipas acontecerá em duas fases, sendo que a primeira, de 14 a 20 de setembro, consistirá em sessões individuais voluntárias, de acordo com os protocolos de saúde e segurança, incluindo exames diários de rastreio ao novo coronavírus.

A segunda fase, de 21 de setembro a 06 de outubro, consistirá num estágio com treinos coletivos, sob a forma de concentração (‘bolha’) na cidade de cada equipa, com possibilidade de jogos de preparação. Os testes diários à covid-19 continuarão.

As equipas que não se qualificaram para terminar a temporada, no momento da paragem, em 11 de março, devido à pandemia de covid-19, são Atlanta Hawks, Golden State Warriors, New York Knicks, Minnesota Timberwolves, Charlotte Hornets, Cleveland Cavaliers, Chicago Bulls e Detroit Pistons.

Desde o momento da suspensão da NBA, em março, até ao início da próxima época, previsto para dezembro, os jogadores das oito equipas ausentes da ‘bolha’ do Disney World, na Florida, vão enfrentar cerca de nove meses sem competir.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 774.832 mortos e infetou mais de 21,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (171.679) e também com mais casos de infeção confirmados (mais de 5,4 milhões).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.