O presidente da Federação Portuguesa de basquetebol (FPB), Mário Saldanha, sente que o FC Porto «tenta utilizar a Federação como bode expiatória da sua decisão» de extinguir a equipa sénior da modalidade. Pinto da Costa deixou claro que a equipa só regressa «quando estiverem criadas as condições na Federação».

«Não percebo essa conversa, mas entendo que o clube tenta utilizar a Federação como bode expiatório para a sua decisão e para os problemas internos. Sempre estivemos ao lado dos clubes e no caso concreto do FCPorto até permitimos que Moncho López, enquanto selecionador, fosse também treinador do clube, algo que acabou por provocar reações negativas de outros emblemas. Quem anda na modalidade já percebeu as verdadeiras razões para o abandono», disse Mário Saldanha em entrevista ao Record.

Apesar de tudo, o dirigente ainda não está «conformado» com a ausência do FC Porto da competição, «um excelente clube e que sempre foi bastante interventivo».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.