Michael Beasley deixou o basquetebol norte-americano em alerta, depois de uma publicação nas redes sociais onde indicia possível suicídio. O ala/pivot de 2,08 metros perdeu, em dezembro, a mãe, vítima de cancro, e está a ter dificuldades em lidar com a perda.

"Honestamente, comecei a odiar muita gente depois de partires. Não consigo evitar esta sensação de estar só, não sabes o quanto me magoaste, mãe. Sei que estou a ser egoísta mas já não quer estar por aqui. Iremos nos ver em breve, prometo-te", escreveu o antigo jogador dos Minnesota Timberwolves.

O basquetebolista de 30 anos foi um dos talentos que não conseguiu vincar na NBA. Em 2008, os Miami Heat escolherem-no como a segunda escolha do draft, à frente de nomes como Kevin Love o Russell Westbrook, mas só conseguiu convencer no seu primeiro ano nos Minnesota Thimberwolves.

O ala/pivot de 30 anos passou ainda pelas duas equipas de Los Angeles: os Lakers e Clippers. Recentemente assinou contrato com o Guangdong Southern Tiger, naquela que será a sua passagem pela principal liga chinesa de basquetebol.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.