Derrick Fenner, jogador da equipa de basquetebol do Sporting, terá sido agredido a soco pelo colega de equipa Travante Williams num treino dos leões, algo que levou o jogador a pedir a sua saída do clube de Alvalade.

"Fui agredido num treino pelo Travante Williams, deixando-me com pontos, dores de cabeça e a mandíbula inchada. A situação colocou a minha família e a minha segurança em risco. Portanto, somos obrigados a ir embora", afirmou Fenner.

O jogador acrescenta que ficou incrédulo com o sucedido, uma vez que ele e Travante já se conhecem desde os tempos em que jogavam nas respetivas universidades nos Estados Unidos, e têm muitos amigos em comum. Todavia, Derrick Fenner afirma que não existem condições para permanecer no Sporting, e que Travante o terá desafiado para uma luta.

Segundo Fenner, o Sporting não mostra intenção de deixar sair o jogador do clube, algo que não parece demover o jogador de regressar aos Estados Unidos.

"O Sporting não me deixa rescindir até encontrar substituto, mas eu e a minha família estamos a pensar voltar para os EUA", disse.

O base de 28 anos regressou a Portugal esta temporada para representar os leões, oriundo dos polacos do Dabrowa Gornicza, isto depois de ter representado o Imortal em 2020/21.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.