O basquetebolista Kyle Lowry, do atual campeão da NBA Toronto Raptors, anunciou nesta segunda-feira que não poderá defender os Estados Unidos no Mundial de basquetebol da China por conta de uma lesão no pulso.

Lowry foi submetido a uma cirurgia no pulso esquerdo em julho e esperava conseguir recuperar a tempo de integrar a seleção norte-americana para ajudar na luta pela conquista do terceiro título consecutivo do Mundial.

"Tinha a esperança de estar recuperado e ter a autorização", escreveu Lowry no Instagram.

"Eu esperava estar disponível a tempo de ajudar o meu país a conquistar o ouro neste próximo torneio. Eu adoro jogar, mas tenho que ficar de fora e apoiar a equipa de casa", acrescentou o base norte-americano.

O técnico dos Estados Unidos, Gregg Popovich, também continua à espera de notícias sobre o estado físico do pivô Marcus Smart, do Boston Celtics, que desfalcou a equipa num jogo-treino na sexta-feira por conta de uma lesão muscular

A equipa norte-americana volta aos treinos na Califórnia nesta semana, quando terá um particular contra Espanha na sexta-feira em Anaheim.

No sábado, a delegação viajará para a Austrália, onde fará dois particulares contra a seleção local e o Canadá antes da estreia no torneio mundial, no dia 31 de agosto.

O astro LeBron James disse em abril que não iria participar na competição, decisão tomada por outras estrelas da NBA como James Harden, Anthony Davis e Kawhi Leonard, que alegaram que preferiam treinar para a próxima temporada da liga norte-americana de basquetebol.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.