O basquetebolista Meyers Leonard foi suspenso por tempo indeterminado pelos Miami Heat, depois de ter sido visto a proferir insultos antissemitas, anunciou a equipa da Liga norte-americana de basquetebol (NBA) na terça-feira.

Meyers Leonard já se desculpou pelos insultos proferidos enquanto jogava ‘online’ numa plataforma de ‘streaming’, tendo o vídeo sido depois divulgado nas redes sociais.

“Os Miami Heat condenam veementemente o uso de qualquer forma de discurso de ódio. As palavras que Meyers Leonard utilizou foram inadequadas e não toleramos qualquer linguagem de ódio da parte de ninguém ligado à nossa equipa”, refere um comunicado da formação da Florida.

A NBA anunciou, entretanto, que vai investigar o assunto, condenando “inequivocamente todas as formas de discurso de ódio”.

O poste dos Miami Heat pediu desculpa através de uma publicação no Instagram, na qual escreveu: “Lamento profundamente ter proferido um insulto antissemita. Não sabia o que aquela palavra significava, mas a minha ignorância sobre a sua natureza ofensiva para a comunidade judaica não é desculpa”.

Várias empresas de videojogos anunciaram o fim das suas parcerias com o jogador, que costumava interagir com os adeptos na plataforma Twitch.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.