Os Milwaukee Bucks deixaram na segunda-feira de ser a única equipa invicta na Liga norte-americana de basquetebol (NBA), ao perderem com os Atlanta Hawks, por 117-98.

Após nove vitórias a abrir a temporada, os Bucks foram batidos em casa dos Hawks, que mesmo sem a sua grande estrela, o base Trae Young, conseguiram superar os campeões de 2021.

Dejounte Murray, com 25 pontos, e o ‘rookie’ AJ Griffin, com um máximo de carreira de 24, foram as grandes figuras da equipa de Atlanta, com o grego Giannis Antetokounmpo a marcar 25 para os Bucks.

Os Bucks interromperam a sua segunda melhor série de triunfos sob o comando do treinador Mike Budenholzer, apenas superada pelas 18 vitórias seguidas em 2019/20.

Apesar da derrota, os Bucks, com nove triunfos e uma derrota, continuam a liderar a Conferência Este, na qual os Hawks são quartos (7-3).

Os Cleveland Cavaliers (8-2) podiam ter igualado os Bucks no topo do Este, mas interromperam uma série de oito vitórias seguidas, ao perderem com os Los Angeles Clippers, por 119-117.

Os californianos conseguiram um parcial de 21-4 nos últimos cinco minutos para somarem a sexta vitória em 11 encontros e subir ao sétimo posto do Oeste.

Sem o português Neemias Queta, que tem atuado pela equipa secundária, os Sacramento Kings foram derrotados pelos campeões Golden State Warriors, por 116-113.

Stephen Curry teve mais uma noite de sonho, com 47 pontos, 17 dos quais no quarto período, com sete triplos e 17 'tiros' de campo concretizados em 24 tentados.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.