Entre os planos para o retomar da temporada 2019-2020 da NBA, em Orlando, Flórida, no Walt Disney World Resort, sabe-se agora que está a possibilidade de os jogadores usarem 'anéis inteligentes' para detectar possíveis sintomas de COVID-19.

A NBA não quer pontas soltas no regresso à ação e, assim, cada jogador poderá levar consigo um desses anéis, os quais ajudarão a perceber de imediato se há sintomas que possam indicar a contaminação com o novo coronavírus.

O referido anel dá pelo nome de 'Oura' e é capaz de identificar os sintomas associados à COVID-19 até três dias antes, com 90 por cento de precisão. O seu uso por parte dos atletas, contudo, será opcional.

De acordo com o novo protocolo de saúde e segurança da NBA para o reinício da temporada, os jogadores receberão vários tipos de equipamentos enquanto estiverem dentro do complexo da Disney, entre eles pulseiras - estas de uso obrigatório - para aceder às respetivas habitações, as quais ajudarão a saber se tiveram contacto com alguém que esteja contaminado. Nas áreas comuns existirão ainda alarmes de distanciamento social, que dispararão se os jogadores ficarem muito próximos um do outro.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.