A seleção portuguesa de basquetebol inaugurou hoje o grupo F da segunda ronda de pré-qualificação para o Eurobasket2025 com um confortável triunfo na Roménia, por 75-59, nas estreias de Neemias Queta e do naturalizado Travante Williams.

Se Portugal detinha, à partida, algum favoritismo, a incorporação destes dois basquetebolistas trouxe outra dimensão à equipa liderada por Mário Gomes, cuja superioridade raramente foi contestada.

Neemias Queta teve uma estreia à sua altura, sendo o melhor marcador do desafio com 20 pontos, contabilizando ainda 10 ressaltos e três desarmes de lançamento.

Aproveitando a disponibilidade do jogador dos Sacramento Kings, atualmente sem compromissos na Liga norte-americana de basquetebol (NBA), e da versatilidade de Travante, nascido nos Estados Unidos, Portugal entrou forte, com um parcial de 8-0 que lhe dava uma liderança jamais perdida, apesar dos romenos terem reagido e terminado o primeiro período a três pontos, com 14-17.

Mesmo não tendo virtuosos que se destacassem, os romenos eram aguerridos e iam dando luta, chegando aos 22-24 com um parcial de 6-0, contudo dois triplos consecutivos lusos, em cima do intervalo, anunciaram o fim da história, colocando o resultado em 30-42.

Com a vantagem lusa a andar quase sempre nos dois dígitos, atingindo um máximo de 19 pontos, Portugal tinha o jogo controlado e, quando ‘caía’ um triplo que poderia animar o conjunto de Leste, Rafael Lisboa respondia na mesma moeda e serenava uma potencial reação.

No último período, e com os romenos já sem organização, Portugal praticamente limitou-se a gerir a liderança, que no fim se cifrou em 16 pontos.

Na próxima ronda, Portugal recebe no domingo, em Odivelas, o Chipre que se estreou com pesada derrota por 69-43 na Bulgária.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.