Os Toronto Raptors empataram 2-2 a final da Conferência Este da Liga Norte-americana de Basquetebol (NBA), depois de terem perdido os dois jogos iniciais, ao imporem-se na terça-feira por 120-102 na receção aos Milwaukee Bucks.

Com Kawhi Leonard, o seu melhor marcador, diminuído fisicamente, os Raptors apelaram à dinâmica coletiva para se imporem de forma categórica sobre a melhor equipa da fase regular da NBA, terminando com seis jogadores entre os oito melhores marcadores do encontro.

Kyle Lowry, autor de 25 pontos, Kawhi Leonard (19), Norman Powell (18), os espanhóis Serge Ibaka (17, tendo capturado ainda 13 ressaltos) e Marc Gasol (17) e Fred VanVleet (13) deram uma demonstração de superioridade dos Raptors, para a qual o ‘banco de suplentes’ contribuiu decisivamente.

Os Bucks responderam por intermédio de Khris Middleton, que concretizou 30 pontos, e da ‘estrela’ grega Giannis Antetokounmpo, que contribuiu com 25 e 10 ressaltos, mas isso foi insuficiente para evitar a derrota da equipa de Milwaukee, numa eliminatória em que está a prevalecer o ‘fator casa’.

O equilíbrio no encontro disputado em Toronto resumiu-se ao primeiro período, que os anfitriões venceram por tangencial 32-31, tendo disparado no segundo parcial para uma vantagem de 10 pontos ao intervalo (65-55), que conseguiram dilatar durante a segunda parte.

O vencedor do confronto entre os Toronto Raptors e os Milwaukee Bucks vai defrontar nos jogos decisivos da NBA os bicampeões Golden State Warriors, que venceram por 4-0 a final da Conferência Oeste, frente aos Portland Trail Blazers.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.