Andy Schleck já veio a público defender o seu irmão mais velho, Frank Schleck que foi apanhado nas malhas do doping.

O também corredor da Radioshack, que falhou o Tour 2012 por lesão, diz estar seguríssimo que o seu irmão não tomou qualquer substância ilícita.

«Acredito, em meu nome e da minha família, que ele não tomou nada», disse, em declarações ao jornal francês Le Parisien.

Recorde-se que a UCI (União Ciclista Internacional) revelou, esta terça-feira, que Frank Schleck acusou positivo num controlo antidoping realizado à 13ª etapa da Volta a França. A substância ilegal encontrada na análise de urina do ciclista chama-se xipemide e trata-se de um diurético.

O luxemburguês já decidiu abandonar, por vontade própria, a Volta a França.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.