Em declarações ao diário 'Sport', o ciclista Alejandro Valverde, uma das vozes mais reputadas do pelotão internacional, considera que as três grandes voltas - Tour, Giro e Vuelta - deviam ser encurtadas dadas as circunstâncias em tempos de pendemia.

"Não faz sentido que as provas durem três semanas", explicou o líder da Movistar em declarações através de video-chamada. "Julgo que terias que cortar a provas em uma semana, durariam 15 dias. É um ano especial, e o calendário não permite mais", acrescentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.