Ao site especializado cyclingnews, Dowset disse que ainda não definiu uma data para tentar ‘destronar’ Wiggins, mas admitiu que já está a preparar-se no velódromo de Manchester, Inglaterra.

“Por agora, apenas posso confirmar a intenção. Continuamos [com a Movistar] a tentar definir a melhor forma de coordenar a preparação, mas não podemos ainda fazer o anúncio formal”, explicou Dowset, que já foi detentor do recorde da hora, quando registou a marca de 52,397 quilómetros em maio de 2015.

Dowset considera, porém, que tem condições de voltar a ser o recordista mundial da hora.

“Temos feito alguns testes e constatámos que sou capaz de chegar aos 54,5 quilómetros e até superar os 55, mas com a ‘intervenção’ do vento nunca se sabe”, admitiu o britânico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.