"A Federação Portuguesa de Ciclismo lamenta profundamente o falecimento de Pedro Silva, neste sábado, aos 54 anos. Após uma longa luta contra uma doença oncológica, perdemos o convívio do presidente da equipa Tavfer-Measindot-Mortágua”, refere em comunicado.

A federação acrescenta que Pedro Silva foi “um dos melhores ciclistas portugueses das décadas de 1980 e 1990, sendo um dos sprinters de referência do ciclismo português”, com inúmeras vitórias em Portugal e no estrangeiro.

Após o fim da carreira, desenvolveu o Velo Clube do Centro, em Mortágua, terra de onde era natural e onde organizou várias provas de estrada e de BTT. O crescimento do projeto permitiu a constituição da equipa continental, que, em 2021, tem a designação de Tavfer-Measindot-Mortágua.

"O Pedro Silva foi um grande ciclista, lutador e empreendedor, que construiu uma excelente carreira a pulso. Foi esse mesmo espírito que o levou a construir o projeto desportivo do Velo Clube do Centro. Começou de baixo, desenvolvendo as camadas jovens, até concretizar o sonho de ter uma equipa continental”, disse Delmino Pereira, presidente da federação de ciclismo.

Delmino Pereira lembrou ainda a “imensa coragem na luta contra a doença” travada por Pedro Silva, enviando as condolências à família e amigos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto