O francês Aurélien Paret-Peintre (AG2R Citroën) venceu domingo ao ‘sprint' a 42.ª edição do Grande Prémio A Marselhesa em bicicleta, conseguindo a primeira vitória da carreira como profissional.

Paret-Peintre, de 24 anos, completou os 171,6 quilómetros em Marselha em 4:24.29 horas, batendo sobre os compatriotas Thomas Boudat (Arkéa), segundo, e Bryan Coquard (B&B Hotels/KTM), terceiro.

O ‘photo finish' foi usado para determinar o triunfo do ainda jovem ciclista, que foi 16.º na Volta a Itália de 2020 e hoje ‘sprintou' à frente de vários velocistas, numa das poucas provas ainda ‘de pé' no arranque do calendário europeu de ciclismo.

O único corredor português em prova, Rui Oliveira (UAE Emirates), concluiu a jornada no 38.º posto, a 3.22 minutos do vencedor, tendo trabalhado em prol do sétimo lugar do colega de equipa italiano Matteo Trentin.

A próxima prova no calendário europeu é também em França, a 51.ª edição da Étoile de Bessèges, com cinco etapas entre quarta-feira e domingo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.