O belga Dylan Teuns (BMC) defendeu bem a camisola amarela nas montanhas da última etapa da Volta à Polónia em bicicleta, que conquista com apenas dois segundos de avanço sobre o Rafal Majka (Bora-Hansgrohe).

O português Rui Costa (UAE Emirates), que era nono da geral, não conseguiu aguentar o grupo dos primeiros e perdeu mais 54 segundos, caindo para 10.º na classificação geral final.

A etapa, de 132,5 km entre Bukowina Resort e Bukowina Tatrzanska, era relativamente curta, só que tinha seis contagens de montanha no programa e acabava em rampa, pelo que muito podia acontecer, atendendo às escassas diferenças de tempo entre os primeiros.

Teuns controlou sempre Majka e entrou em quinto a fechar um primeiro grupo, com o holandês Wout Poels, da Sky, a ser o vencedor do dia, em 3:29.20 horas.

Com as bonifiações, Poels consegue mesmo terminar em terceiro na prova, a três segundos de Teuns.

Rui Costa foi um dos que 'descolou' na penúltima dificuldade do dia e entrou num pequeno grupo em que também estava o italiano Vicenzo Nibali (Bahrain-Merida). Fecha o ‘top-10’ final, a 1.22.

Nelson Oliveira (Movistar) e José Gonçalves (Katusha Alpecin) desistiram durante a tirada.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.