O ciclista colombiano Iván Ramiro Sosa (INEOS) venceu hoje isolado a terceira das quatro etapas da Volta à Provença, assumindo a liderança da prova francesa e destronando o italiano Davide Ballerini.

Sosa cumpriu os 153,9 quilómetros entre Istres e o mítico alto do Mont Ventoux em 4:18.14 horas, batendo o compatriota e colega de equipa Egan Bernal por 15 segundos, com o francês Julian Alaphilippe (Deceuninck-QuickStep), envolvido numa queda na véspera, a chegar a 18 segundos, em terceiro lugar.

Sosa, de 23 anos, atacou a cinco quilómetros do fim, aproveitando o trabalho de desgaste feito pelo colega de equipa Carlos Rodriguez, que ‘desfez’ o pelotão que foi comandando no início da exigente subida.

O trio do pódio passou a ocupar as mesmas posições na classificação geral, com Sosa a deter 19 segundos de avanço para Bernal e 21 para o campeão do mundo Alaphilippe.

Ballerini, que vencera as duas primeiras etapas, foi somente 91.º colocado, a 15.12 minutos, afundando-se na classificação.

A competição fica decidida no domingo, com a quarta tirada, de 163,2 quilómetros, a ligar Avignon a Salon-de-Provence, com três contagens de montanha de terceira categoria.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.