O Grande Prémio de Torres Vedras - Troféu Joaquim Agostinho, marcado para 19 e 20 de setembro, terá duas etapas em linha e conta com um pelotão de 16 equipas, 12 portuguesas e quatro estrangeiras, anunciou hoje a organização.

A prova, forçada a ser adiada para esta altura após um membro da organização ter testado positivo a covid-19, a dias do arranque, terá assim duas ligações: uma com partida e chegada em Torres Vedras, de 145,6 quilómetros, e outra entre Turcifal e o alto dos Moinhos, de 145,2 quilómetros.

No pelotão estarão as nove equipas de licença continental portuguesas: Atum General-Tavira-Maria Nova Hotel, Aviludo-Louletano, Efapel, Feirense, Kelly/InOutBuil/UDO, LA Alumínios, Miranda-Mortágua, Rádio Popular-Boavista e W52-FC Porto.

Com três formações sub-23 lusas, a local Sicasal-Torres Vedras, a JV Perfis/Gondomar Cultural e a Crédito Agrícola-Jorbi-Delta, a corrida irá para a estrada também com três espanholas, a Burgos-BH, Caja Rural-Seguros RGA e a Euskaltel-Euskadi, além da norte-americana Rally Cycling.

"A organização está a ultimar os preparativos para realizar a prova nos dias 19 e 20 de setembro, segundo o programa de corrida já delineado", pode ler-se em comunicado.

A prova decorrerá uma semana antes da edição especial da Volta a Portugal, uma vez que a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) assumiu a organização, passando a 82.ª edição para o próximo ano, indo para a estrada de 27 de setembro a 05 de outubro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.