O ciclista colombiano Egan Bernal (Ineos) conquistou hoje a edição 2020 da Route d'Occitanie, ao ser quarto na quarta e última etapa, arrebatada pelo francês Benoit Cosnefroi (AG2R).

Bernal terminou a prova com 19 segundos de vantagem para o colega de equipa Pavel Sivakov, 23 para Aleksander Vlasov (Astana), 37 face o francês Thibaut Pinot (Groupama – FDJ) e 1.09 minutos em relação ao holandês Bauke Mollema (Trek – Segafredo).

O colombiano teve assim um bom teste para a Volta a França, que venceu em 2019, e que vai para a estrada de 29 de agosto a 20 de setembro.

Na última etapa, Cosnefroi cumpriu os 195 quilómetros entre Lectoure e Rocamadour, sem dificuldades especiais de montanha, em 4:23.26 horas, destacou-se de um quarteto que chegou somente dois segundos depois, e que incluía os principais favoritos.

Bauke Mollema, Thibaut Pinot, Egan Bernal e Aleksander Vlasov chegaram juntos, respetivamente entre o segundo e o quinto lugares.

O ciclista português José Gonçalves (Nippo Delko One Provence) foi 80.º classificado na tirada, a 4.35 minutos, subindo uma posição na geral, para 53.º, a 17.13 do vencedor.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.