O ciclista esloveno Matevz Govekar (Bahrain-Victorious) ganhou hoje a quarta e penúltima etapa da Volta a Burgos, norte de Espanha, após uma fuga bem-sucedida, enquanto a classificação geral ficou inalterada, com o francês Sivakov (INEOS) no topo.

Govekar foi o mais forte do septeto que protagonizou a escapada do dia no final dos 169 quilómetros, entre Torresandino e a cidade romana de Clunia, registando um tempo de 03:36:18 horas, à frente do francês Valentin Retailleau (AG2R-Citroen) e do israelita Omer Goldstein (Israel-Premier Tech), segundo e terceiro classificados.

O lote de corredores favoritos à conquista da corrida chegou com um atraso controlado de 03.03 minutos, incluindo Pavel Sivakov, o colombiano Santiago Buitrago (Bahrain-Victorious) e o português Ruben Guerreiro (EF Education-EasyPost).

Os outros lusos presentes, o campeão nacional de fundo, João Almeida (UAE-Emirates) e o seu colega de equipa Rui Costa cruzaram a meta também incluídos no grosso do pelotão, em 37.º e 35.º, respetivamente.

Na tabela geral, Sivakov manteve as vantagens de 23 e de 26 segundos, respetivamente sobre o segundo classificado, o colombiano Santiago Buitrago (Bahrain-Victorious), e o terceiro, Guerreiro, que lidera a classificação por pontos.

Almeida segue na 15.ª posição, a 42 segundos do topo, ao passo que Costa é 27.º com um atraso de 3.13 minutos.

A 44.ª edição da Volta a Burgos conclui-se sábado com uma quinta etapa de 170 quilómetros, entre Lermas e as lagoas de Neila, uma ‘montanha’ de categoria especial onde vai estar instalada a meta, após 12 quilómetros com pendente média de 6,2% até aos 1.867 metros de altitude.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.