O ciclista francês Julian Alaphilippe, campeão do mundo em título, prolongou o seu contrato com a Deceuninck-QuickStep até ao final de 2024, anunciou hoje a equipa belga.

“Estou entusiasmado por continuar com esta família e quero agradecer ao Patrick [Lefevere, o ‘patrão’ da equipa] e aos patrocinadores pela confiança que demonstraram nestes oito anos e que continuam a demonstrar. É incrível pensar em tudo o que alcançámos juntos e nas bonitas memórias que temos”, enalteceu o ciclista de 28 anos, que cumpriu todo o seu trajeto profissional na estrutura da formação belga.

Profissional desde 2014, o ‘menino querido’ do ciclismo francês - e um dos mais carismáticos ciclistas do pelotão internacional – tem no palmarés, além da camisola arco-íris que atualmente enverga, cinco vitórias em etapa na Volta a França, onde foi quinto em 2019 depois de liderar durante vários dias, e triunfos na Flèche Wallonne (2019 e 2018), Milão-Sanremo (2019) ou Strade Bianche (2019).

“Nós somos o ‘wolfpack’ [alcateia] e corremos para ganhar. Esta é a nossa mentalidade e uma das nossas forças. Remamos todos na mesma direção e esse é um dos motivos pelos quais me sinto bem aqui e faço o que faço com imenso prazer”, resumiu o companheiro do português João Almeida.

Julian Alaphilippe é a segunda ‘estrela’ a renovar contrato com a formação belga, depois de na semana passada também o prodígio belga Remco Evenepoel ter prolongado o vínculo até 2026.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.