A Amstel Gold Race, prova do World Tour prevista para 19 de abril, foi adiada devido à pandemia da Covid-19, anunciou hoje a organização da clássica do ciclismo holandês.

A decisão, que diz respeito às edições masculina e feminina da competição, segue-se a uma série de adiamentos de provas da União Ciclista Internacional (UCI), devido à pandemia do novo coronavírus.

Na terça-feira, foi comunicado o cancelamento nas datas previstas da Volta a Flandres (05 de abril), do Paris-Roubaix (12 de abril), organizado desde 1896 e interrompido apenas devido às duas guerras mundiais, e da Liège-Bastogne-Liège (26 de abril).

“É uma decisão difícil de tomar e é uma pena. Não temos outra escolha, a Amstel Gold Race aproxima-se rapidamente para que possamos garantir uma edição sem problemas”, justificou o diretor da corrida, Leo van Vliet.

A organização “espera” encontrar uma nova data com a UCI, embora mesmo uma recalendarização seja algo “incerto”.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 189 mil pessoas, das quais mais de 7.800 morreram. Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 81 mil recuperaram da doença.

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 146 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

Depois da China, que regista a maioria dos casos, a Europa tornou-se o epicentro da pandemia, o que levou vários países a adotarem medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde elevou na terça-feira o número de casos confirmados de infeção para 448, mais 117 do que no dia anterior, em que se registou a primeira morte no país.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.