O atual presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC), Delmino Pereira, vai recandidatar-se ao cargo, anunciou hoje o movimento de apoio, dias depois de o antigo ciclista Rui Sousa mostrar a intenção de ser candidato em 2020.

Em comunicado, a Associação de Ciclismo do Minho refere que os presidentes e dirigentes das associações regionais de “Minho, Porto, Lisboa, Beira Litoral, Setúbal, Santarém, Vila Real, Bragança, Viseu e Madeira” apoiam a recandidatura de Delmino Pereira, que também junta, explicam, apoios de clubes e atletas.

Delmino Pereira, antigo ciclista, recandidata-se a um terceiro mandato no cargo para o qual foi eleito pela primeira vez em 2012, quando sucedeu a Artur Lopes.

Segundo o presidente da associação minhota, José Luís Ribeiro, “os dois mandatos de Delmino Pereira têm marcado uma grande evolução no ciclismo português” e fez um balanço “extremamente positivo”, citado em comunicado.

A recandidatura de Delmino Pereira foi hoje anunciada, dias depois de Rui Sousa, atual presidente da União de Freguesias de Barroselas e Carvoeiro e retirado do ciclismo em 2017, ter anunciado a sua candidatura à presidência em 2020.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.