A dupla portuguesa composta pelos irmãos Tamaris e Dominic Franke Fontinha conseguiu resultados modestos na vertente artística dos Mundiais de ciclismo ‘indoor’, que hoje terminaram em Liège, na Bélgica.

Tamaris foi a primeira a participar, conseguindo o 13.º melhor registo da qualificação para a final artística singular, com 90,98 pontos, resultado insuficiente para a 10.ª classificada do Europeu deste ano avançar para a final a quatro.

Em singulares masculinos, o irmão, Dominic, também foi 13.º, com 106,74 pontos, entre 24 atletas, e encerrou a participação lusa na prova, em que Portugal só conseguiu medalhas na década de 1990, com as irmãs Carmo e Ivone Carvalho a sagrarem-se campeãs mundiais de duplas em 1991, 1993 e 1998.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.