O português Fábio Silvestre (Leopard-Trek) foi esta sexta-feira oitavo classificado na terceira etapa da Volta ao Azerbaijão em bicicleta, a 1.33 minutos do vencedor, o ucraniano Vitaliy Popkov.

Na etapa de 165 quilómetros, com partida e chegada em Gabala, destaque ainda para os portugueses da Efapel César Fonte (12.º), Ricardo Vilela (17.º) e Nuno Ribeiro (23.º).

Vilela continua assim em quinto na classificação geral, a 1.22 minutos do ucraniano Serhiy Grechyn, enquanto que Silvestre desceu duas posições para o 26.º posto e está agora a 9.51 minutos do primeiro classificado.

Entre os restantes portugueses, destaque ainda para Joni Brandão, que subiu ao décimo posto, a 4.19 minutos da liderança, e César Fonte, que é agora 24.º, a 9.51 de Grechyn. Hernâni Brôco viu-se obrigado a abandonar a prova, depois de ter passado grandes dificuldades na etapa de quinta-feira.

Na classificação geral de montanha, Ricardo Vilela conservou a liderança, agora com 11 pontos, mais um do que o segundo classificado, o azeri Oleksandr Surutkovych.

«As pernas correspondiam ao que a cabeça desejava, a chegada era boa para mim, tudo estava a correr bem e tinha tudo para discutir a etapa. Mas, infelizmente, as táticas no ciclismo, por vezes, mudam tudo em segundos. Um ciclista da Baku, com orientações do seu diretor desportivo, deixou de puxar para, apenas, marcar a minha roda. O resultado foi tudo a atacar e eu a ficar com ele e com Tomas Vaitkus, parados na estrada», informou Fonte sobre a etapa de hoje.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.