O britânico Chris Froome, camisola amarela da Volta a França em bicicleta, confessou hoje que os ataques de longe de Nairo Quintana e Alberto Contador o surpreenderam e que gostava de ver Geraint Thomas no pódio final.

“Quintana sente-se forte e vai tentando. O que me surpreendeu é que tenha atacado tão longe [da meta], assim como Contador. Isso demonstra que estão numa situação em que têm de dar o tudo por tudo”, analisou o ciclista da Sky.

Froome considera que, com ataques a 100 quilómetros da meta, os seus rivais correm “sérios riscos” para anular a desvantagem que têm na classificação geral.

“Tem de haver um elemento de desespero nisso. E também começam a escassear as oportunidades. Só há mais três etapas de montanha”, completou.

O britânico, que humoristicamente, durante a 17.ª etapa, pediu um intervalo (cruzou os braços a pedir um ‘time out’) nos ataques dos adversários, assegurou que está bem e preparado para ter mais trabalho à medida que a corrida se for aproximando de Paris, sobretudo da parte de Contador, que hoje perdeu mais de dois minutos numa queda.

O campeão do Tour2013 negou ter receio de arriscar nas descidas, como a que enfrentou hoje em Allos – “não corri riscos, enquanto outros o fizeram” -, e lamentou ainda o abandono de Tejay Van Garderen (BMC), o terceiro da geral.

“É uma pena o que aconteceu ao Van Garderen. Tinha potencial para estar no pódio. O positivo [do abandono do norte-americano] é que o Geraint Thomas subiu na geral. Seria um sonho tê-lo ao meu lado no pódio em Paris. É um sonho um pouco parvo, porque estamos concentrados na camisola amarela”, disse, referindo-se ao seu colega de equipa, que é quarto da geral.

Já Nairo Quintana congratulou-se pelo desempenho da Movistar – “Não conseguimos derrubar diretamente o Froome, mas debilitámos a Sky” – e explicou porque atacou tão longe da meta, em Pra Loup.

“Será difícil [roubar tempo a Froome] se atacar perto do final. Tenho de tentar de longe. Virão etapas que me favorecem mais, com subidas mais longas e finais mais duros”, esclareceu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.