A edição de 2020 da Volta a Itália em bicicleta vai começar em Budapeste, com um contrarrelógio, e prosseguir com duas etapas em linha na Hungria, anunciou hoje a organização da corrida.

Na sua 103.ª edição, o Giro vai partir fora de solo italiano pela 14.ª vez em 09 de maio de 2020, com um contrarrelógio individual de 9,5 quilómetros na capital húngara, que vai culminar com uma subida de 1.500 metros, com 4% de inclinação.

A segunda etapa da ‘corsa rosa’ vai levar o pelotão de Budapeste a Györ, onde, após 193 quilómetros, a chegada vai ser adequada aos ‘sprinters’, tal como a terceira, agendada para 11 de maio, entre Székesfehérvár e Nagykanizsa, num total de 197 quilómetros.

Este ano, o Giro partiu de Israel, depois de já ter começado em San Marino, Mónaco, Bélgica [duas vezes], Vaticano, Grécia, França, Holanda [três], Dinamarca e Irlanda do Norte.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.